A TECNOLOGIA HUMANIZADA
Produtos, inovação, design e cultura na indústria 4.0

ABTCP 2019

Presidente do Congresso

Entrevista com o Presidente do Congresso
ABTCP 2019 – 52º Congresso Internacional de Celulose e Papel
Data de realização: 22 a 24 de outubro de 2019
Local: Hotel Transamerica/São Paulo-SP

Márcio Bertoldo, Vice-Presidente de Manufatura da International Paper Brasil na América Latina

Presidente do Congresso ABTCP 2019 destaca importância do evento para o setor de celulose e papel e transformações promovidas pela inovação e Indústria 4.0

Márcio Bertoldo, Vice-Presidente de Manufatura da International Paper Brasil na América Latina, é o presidente do ABTCP 2019 – 52º Congresso Internacional de Celulose e Papel – que será realizado em São Paulo, no Hotel Transamerica, de 22 a 24 de outubro próximo. O evento deste ano traz como tema A TECNOLOGIA HUMANIZADA, conceito trazido pela Indústria 4.0, na qual o espaço ganha vida em tempo real pelas interconexões homem-máquina, acelerando o processo de inovação em produtos, design de equipamentos e transformando a cultura organizacional nas empresas.

Graduado em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia Industrial e Administração de Empresas pela Fundação Pinhalense de Ensino, Bertoldo tem especialização em Papel e Celulose pela Universidade de São Paulo e MBA em Administração pela Fundação Getúlio Vargas. Iniciou sua carreira na IP em 1982 e tem sólida experiência na área de Manufatura e Tecnologia.

Em entrevista à jornalista Patrícia Capo, editora responsável de Publicações da ABTCP, Bertoldo destacou seus pontos de vista sobre a relevância do Congresso ABTCP para os profissionais da cadeia produtiva do setor de base florestal, falou sobre como a inovação vem se intensificando nas empresas e pontuou as principais transformações que a Quarta Revolução Industrial promoveu nos processos produtivos.

ABTCP – Qual a importância do Congresso Anual da ABTCP para os profissionais do setor de celulose e papel e a própria indústria?

Bertoldo – Este Congresso oferece uma oportunidade única de aprendizado e networking, reunindo especialistas que trarão seus diversos pontos de vista e experiências para discutir temas centrados nos negócios do setor de Papel e Celulose. Vivemos em um cenário de constantes mudanças e reunir profissionais da indústria e acadêmicos para discutir sobre as tendências é de extrema relevância, pois a partir disso podemos ter novas ideias acerca do tema e compartilhar as boas práticas que permitem as empresas desempenharem uma performance inspiradora.

Durante o evento, criamos um ambiente propício para mostrar aos participantes as melhores práticas em Gestão, Sustentabilidade, Inovação e os mais recentes avanços em diversas áreas técnicas. O congresso cria oportunidades de desenvolvimento de conhecimento e habilidades, promovendo eficiência operacional aprimorada e muita troca de informações, facilitando o intercâmbio sobre as mais recentes tecnologias, melhorias operacionais e desenvolvimento de negócios entre os principais participantes do setor.

ABTCP – Como a busca pela inovação vem se intensificando no setor de celulose e papel e como ela se reflete no desenvolvimento de produtos e mudanças nos processos produtivos?

Bertoldo – Na IP, criamos produtos inovadores e sustentáveis, que auxiliam nossos clientes a alcançar seus objetivos. Em todo o setor, sempre houve essa preocupação em focar na busca por inovação de produtos e processos para responder de forma rápida às mudanças do mercado e acompanhar a evolução das necessidades dos clientes. A busca por novas soluções é necessária para sobrevivência das empresas e ela nunca para. Essa busca refere-se à capacidade de introduzir e desenvolver novos produtos ainda melhores, que respondam à demanda dos clientes e ajude na conquista de novos mercados trazendo benefícios para todos. É fundamental refletirmos sobre os nossos processos e a maneira como atuamos, pois quando criamos produtos dos quais as pessoas dependem diariamente, nós assumimos um compromisso com o planeta e com as florestas, isso faz parte do nosso negócio e de como podemos entregar um mundo melhor para as futuras gerações.

ABTCP – De que forma a Indústria 4.0, ou Quarta Revolução Industrial, transformou as empresas do setor de celulose e papel e quais as principais mudanças observadas atualmente?

Bertoldo – A indústria 4.0, também conhecida como a quarta revolução industrial, diz respeito a um nível de automação por meio do uso de novas tecnologias e uso de máquinas inteligentes, proporcionando ganhos em produtividade, aumento da qualidade e da produção ao mesmo tempo em que vemos redução de custos. É um novo modelo de trabalho, acompanhado associado ao progresso tecnológico. Com a evolução, a indústria está adotando tecnologias que darão mais flexibilidade de operação para suas máquinas e equipamentos, com maior utilização de capacidade e com tempos de reação mais rápidos, a fim de aumentar sua produtividade e rentabilidade. No entanto, vale dizer que o emprego da capacidade humana dentro dos processos é fundamental para que tudo funcione de forma coesa e eficiente.

Na IP, por exemplo, além do investimento em tecnologia, buscamos soluções para os nossos processos, olhando para sustentabilidade de todo o nosso negócio. Também acreditamos que a conscientização do capital humano faz parte da preparação para o futuro, todos os nossos profissionais são essenciais quando falamos sobre indústria 4.0. Por isso, temos o Jeito IP, que rege as relações da International Paper com as pessoas e comunidades, impacto no ambiente e o modo como a empresa garante o sucesso dos negócios para as gerações futuras, baseado em nossa missão, visão e valores.

Patrocínio Gold

Albany International Andritz Contech Irmãos Passaúra Kadant Kemira Nouryon NSK Solenis Voith

Patrocínio Master

Buckman Fabio Perini Nalco Water Peróxidos do Brasil Valmet Forward

Patrocínio Standard

Metso RUD

Apoio

ANAP IBÁ MAIS FLORESTA SINPAPEL TWO SIDES

Realização

ABTCP - Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel